segunda-feira, 5 de setembro de 2016

As Dores de uma Bailarina


(IMAGEM: We heart it)

Eu acho que o meu maior medo (ou receio) quando entrei no Ballet foram as DORES. Eu pesquisei muito, muito mesmo sobre isso antes de tomar a decisão de começar as aulas. Minha mãe me dizia que se eu chegasse em casa reclamando de dor, não iria fazer absolutamente NADA para me ajudar (Valeeeeeu mãe!), mas até que não foi tãaao ruim quando eu comecei.

Na minha primeira aula, meu professor me deu um baita susto quando disse que era para escalarmos na barra. Sério, eu sabia que tinha isso no ballet e tal, mas não esperava que seria tão cedo. E eu tenho que dizer, DOEU. Sério, foi uma dor super nojenta, mas o corpo acostuma.

No meu primeiro mês, as dores foram certas. Minhas pernas sempre doíam, meus braços e abdômen, mas nunca chegou a ser AQUELA dor insuportável que eu lia pela internet. Após o primeiro mês, a dor não existia mais, sério. Dou graças a Deus que eu não sou propensa a dores musculares, em pouco tempo em exercício meu corpo se acostuma e tudo passa. GLÓRIA!



Hoje em dia, eu ainda faço aula de ponta, e gente, meus pés só doem durante a aula, e é só tirar a sapatilha que as dores passam. Estou fazendo ballet a 8 meses, e uso a sapatilha de ponta a 6 meses, e somente agora estão surgindo bolhas nos meus pés, e isso porque a rotina de ensaio está pesado devido ao espetáculo desse ano.



Acho que as dores do ballet são besteira comparado ao amor que você sente pela dança. Eu me apaixonei pelo ballet sem motivo nenhum, e do NADA. Hoje em dia eu não sei o que seria de mim sem dançar, sem ver minhas amigas bailarinisticas, sem pôr a sapatilha de ponta e bailar. É muito amor, para um dor me fazer desistir.

Um beijo, Izzy.


CURTA NOSSAS REDES SOCIAIS: 



2 comentários:

  1. Sou bailarina e acho que a dor do ballet é uma dor que dá um certo prazer, o prazer do dever cumprido
    http://toobege.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso!!! Apesar de todas as dores, é muito prazeroso. Ballet não seria ballet sem dor. A dor de cada dia nos faz mais forte.
      Beijoos linda

      Excluir